Artigos

Conteúdo para você desenvolver sua carreira

Estratégias para divulgação do currículo profissional: onde o internacionalista precisa estar


O mercado de trabalho para profissionais de Relações Internacionais é competitivo, como já destacamos aqui. É comum, dado cenário, encontrar profissionais super qualificados, mas com dificuldades de manter uma atuação profissional constante.

Vale lembrar que uma das denominações que se atribui a esse profissional é a de “Analista”, o que nos leva a uma observação importante:

O Analista de Relações Internacionais é notado e requisitado dado o seu reconhecimento, por exemplo, por participar ativamente no desenvolvimento de um dado setor da indústria. Isso pode ser resumido em: participações como palestrante em eventos, publicação de artigos em revistas especializadas e setoriais, por fazer voluntariados e também por ser membro de instituições que reflitam sua identidade profissional.

E, além de trabalhar constantemente em prol do campo de atuação, é preciso divulgar isso de forma correta. Hoje existem diversas formas de ser encontrado por empresas, por isso, vamos listar as principais plataformas e redes onde você deve se cadastrar e manter um perfil.

Redes sociais

O Linkedin se tornou uma rede social estratégica para os caça-talentos e, em particular, para os profissionais que querem alçar voos maiores em suas carreiras. Através dessa rede, é possível criar um currículo com suas informações profissionais.

Mas, lembre-se: trata-se de uma rede. Você também precisa construir um relacionamento com seus pares. É possível publicar conteúdo, seguir líderes e referências na sua área, encontrar colegas de trabalho, reconhecer atributos profissionais aos seus colegas e participar de grupos específicos.

Vale destacar: todas as redes sociais são importantes. Por isso, o empregador também pode procurar saber mais sobre você e sua reputação nelas. Destaque para: Facebook, Instagram e Twitter. Então, além de manter um perfil profissional no Linkedin, é preciso cuidar das “coisas” que você compartilha e segue nas outras. As empresas querem profissionais idôneos e com reputações ilibadas.

Dica:

O analista é requisitado a produzir conteúdo especializado sobre temas quem confluem e contribuem para o avanço da área qual ele se dedica, e as redes sociais servem de vitrine para o seu trabalho.

Outra forma de divulgar e contribuir para o desenvolvimento profissional é expandir para o conteúdo em áudio e vídeo, seja por podcast ou por canal no Youtube.

Agências de Empregos

Por excelência, a principal forma de encontrar uma vaga é por uma agência de empregos. A agência se preocupa e cuida de todas as etapas que envolvem uma contratação: desde a abertura de novas vagas, qualificação profissional, aplicação de avaliações técnicas e intermediação no processo seletivo dos profissionais pelas empresas.

Tipos de agências: agências globais, regionais e especializadas

Agências globais

Entre as globais, o grande destaque é para o Vagas.com, onde é possível cadastrar gratuitamente o seu currículo, diferente de outras que cobram por esse serviço. O Vagas é, atualmente, a principal agência para programas de júniores e de estágios, além de contar com boas oportunidades para cargos executivos e de nível pleno.

As empresas multinacionais e grandes empresas nacionais são as principais utilizadoras do Vagas em seus processos seletivos. A plataforma tem funções úteis que facilitam e automatizam etapas importantes, e dispõe de testes comportamentais e de certificação de nível de proficiência em línguas.

É uma excelente opção para profissionais dispostos a mudar de cidade e que queiram atuar em grandes empresas transnacionais.

Agências regionais

A maioria das contratações se dão em nível local e regional. As empresas tendem a procurar, para suas plantas produtivas ou escritórios regionais, profissionais que conheçam bem a realidade local e que sejam residentes delas.

As agências locais, por sua vez, são uma ótima alternativa para iniciar sua jornada profissional, em especial se você pretende se estabelecer na cidade ou região. Elas podem ser administradas pelos municípios e muitas oferecem cursos de qualificação profissional, que atendem as necessidades e características da indústria local.

Procure saber as agências de emprego que prestam esse serviço na sua cidade e cadastre o seu currículo. Muitas vão fazer um processo de acolhimento dos currículos pessoalmente.

É uma excelente opção para desenvolvimento profissional e para entrar no mercado de trabalho, em especial nas empresas com potencial para inserção internacional e que precisam de profissionais multifuncionais.

Dica: confira sempre os jornais e portais da sua cidade.

Agências especializadas

Um novo tipo de agência tem crescido de importância no Brasil; trata-se das agências de emprego especializadas. Elas atuam com um perfil profissional específico, como o do internacionalista, ou em um setor da indústria em particular, como o de Petróleo e Gás.

Elas são, por excelência, a principal alternativa para aqueles que querem atuar em um campo profissional delimitado. Por isso, esse tipo de agência geralmente são mantidas por instituições que atuam na promoção do campo de atuação desse profissional em específico.

O Vagas para Relações Internacionais (VagasRI), por exemplo, foi desenvolvido pelo Relações Internacionais, portal com quase uma década de serviços prestados para internacionalistas e estudantes de Relações Internacionais.

Empresas, representações diplomáticas e organizações não governamentais que querem contratar internacionalistas, recorrem ao VagasRI para consultar o banco de currículos e também para disponibilizar vagas exclusivas para esse perfil profissional.

Por se tratar de um serviço especializado, tem maior facilidade de entender e atender as necessidades apresentadas tanto pelos contratantes quando pelos candidatos. Ela visa adequar do profissional de Relações Internacionais para as principais exigências do mercado, além de disponibilizar vagas específicas e trazer benefícios específicos em instituições parceiras – como é o caso dos associados da Associação Nacional dos Profissionais de Relações Internacionais.

Dica:

Mesmo que a oportunidade que você procura ainda não tenha aparecido, você deve cadastrar o seu cadastro nessas agências e redes sociais. Um bom currículo online leva tempo para ser confeccionado e, muitas vezes, cada agência tem regras e procedimentos que podem ser confusos e demorados, fazendo você desistir e até mesmo ser desqualificado por inconsistência nos dados cadastrais.

As melhores oportunidades recebem uma enxurrada de candidaturas, por isso você deve sair na frente com um bom currículo online.

Guilherme Bueno

É analista de Relações Internacionais. Organizador do Congresso de Relações Internacionais e editor da Revista Relações Exteriores.
Guilherme Bueno

Deixe uma resposta

HORA DE CRESCER NA CARREIRA
Vagas Exclusivas
A oportunidade não espera. Receba todas as semanas um resumo com as principais vagas. Casdastre-se.
EU QUERO
Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento. Apenas uma vez por semana na sua caixa de mensagens. Compartilhe.
close-link

A Carreira de Internacionalista é desafiadora, não é mesmo?

Faça parte da nossa comunidade de profissionais. Inscreva-se hoje gratuitamente no grupo para profissionais. 
Quero fazer parte
Fechar
Ajuda? Chat por WhatsApp